Ideias de negócios para autônomos durante o lockdown

O lockdown, a forma mais intensa de tentar reverter a quantidade de contaminações pelo coronavírus, está acontecendo em vários países, inclusive em alguns lugares do Brasil.

Para minimizar um pouco esses prejuízos, aqui vão algumas ideias de negócios para os autônomos que estão vivendo o lockdown.

Delivery

Essa é, claro, a ideia de negócio mais conhecida e, de fato, há muitos autônomos que estão conquistando uma renda satisfatória com isso.

Para tanto, basta:

  • Providenciar embalagens
  • Cadastrar-se em apps de entregas: Uber (tem a versão Uber Flash), Uber Eats, iFood, Rappi e muito mais.

Os autônomos que não trabalham com comida, mas com outros tipos de produtos, podem contar com as diversas formas de envios oferecidas pelos Correios e que podem ser bem mais baratas do que a postagem comum.

As transportadoras também são ótimas opções e é possível chegar a um valor que atenda tanto ao autônomo quanto à empresa de transportes.

No caso de quem trabalha com alimentação, esse é o momento ideal para testar alguma coisa nova: se é uma doceria, porque não tentar, nesse lockdown, criar uma segunda marca com alimentos salgados, ou exclusivamente veganos, por exemplo?

Preparação de box

Essa é uma ideia de negócio que serve para variados autônomos:

  • De alimentação
  • De livros
  • De cosméticos
  • De roupas
  • De itens personalizados

Consiste em uma espécie de assinatura feita pelo cliente: uma vez por mês, um BOX vai para a casa desse cliente com uma seleção de produtos.

Se for uma livraria, por exemplo, esses clientes podem receber sempre uma dupla de livros, de temas previamente escolhidos por eles.

Criação de conteúdo

Muitos autônomos já consumiram cursos online, por exemplo: porém, por que não desenvolver um?

Todo autônomo tem conhecimento sobre o seu setor e pode ganhar dinheiro com ele através da criação de materiais digitais, como e-books, cursos completos, gravação de vídeos, etc.

No caso dos e-books e dos cursos, a plataforma mais segura para isso é a Hotmart, que tem um sistema de comissão para os seus autores independentes.